Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes

2015

Escrita aos 19 anos pelo alemão Rainer Werner Fassbinder (1945-1982), a obra recebeu aclamada montagem pelo diretor Rafael Gomes, com Luciano Chirolli, Gilda Nomacce, Nana Yazbek e Felipe Aidar no elenco.

Fassbinder dirigiu cerca de 40 filmes, entre eles, As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant, Querelle e O Casamento de Maria Braun; além de ter escrito cerca de 18 peças de teatro. Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes não foi encenada ou filmada até sua morte precoce, em 1982, aos 37 anos. Em 2000, ganhou adaptação para o cinema, pelo diretor francês François Ozon.

Na trama, o ingênuo Franz (Felipe Aidar), de 19 anos, e o bem-sucedido e sedutor homem de negócios Leopold (Luciano Chirolli) se conhecem e decidem morar juntos. Leopold é bem mais velho que Franz, o que no começo não é um problema. O jogo de manipulação, no entanto, não demora a tomar conta do relacionamento, fazendo com que ambos passem a ver apenas suas diferenças e não mais aquilo que têm em comum. Começa um jogo de torturas psicológicas e agressões mútuas. O caso se complica quando as ex-namoradas de cada um, Anna (Nana Yazbek) e Vera (Gilda Nomacce), entram em cena.

Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes - Ficha Técnica


Texto: Rainer Werner Fassbinder
Direção: Rafael Gomes
Tradução: Giovanna Piazza
Assistência de Direção: Thiago Ledier
Elenco: Luciano Chirolli, Gilda Nomacce, Nana Yazbek e Felipe Aidar
Produção geral: Isabel Sachs
Direção de Produção: César Ramos
Produtor Executivo: William Costa
Produção de elenco: (Franz e Anna): Alice Wolfenson
Preparação corporal: Fabrício Licursi
Projeto Gráfico e Fotografia: Laura Del Rey
Figurino: João Pimenta
Cenário: André Cortez
Assistente de Cenografia: Fernanda Ocanto
Cenotécnico: Maurilio Dias
Iluminação: Wagner Antonio
Operação de Som: Renan Almeida
Operação de Luz: Robson Lima
Assessoria de Imprensa: Arte Plural
Em co-produção com Euforia Produções e Complementar Produções
Patrocínio: Construcap
Realização: Instituto Capobianco e Ministério da Cultura

Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes - Vídeos


Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes - Prêmios e temporadas


Estreia
Julho de 2014, Instituto Cultural Capobianco, São Paulo – SP.

Festivais
Mostra Oficial – Festival de Curitiba 2015 (PR);
Mostra Oficial – Festival Cena Brasil Internacional 2015 – Riod e Janeiro (RJ).

Prêmios
Três indicações ao Prêmio Shell 2014 – Melhor Ator (Luciano Chirolli), Melhor Atriz (Gilda Nomacce) e Melhor Cenário (André Cortez)

Gotas D’água Sobre Pedras Escaldantes - Repercussão crítica


  • Quarteto infernal de Fassbinder em versão inspirada.

    Antônio Gonçalves Filho - O Estado de São Paulo - * * * * ÓTIMO

  • O espetáculo traz a exata combinação dos elementos propostos por Fassbinder, com atuações que se equilibram entre ocultar e revelar a dor de cada um.

    Gustavo Fioratti - Folha de São Paulo - * * * ÓTIMO

  • O diretor Rafael Gomes constrói uma versão realista e livre de maniqueísmos, apoiado por uma boa produção e certa inventividade. A atriz Gilda Nomacce surge como uma enigmática personagem e rouba a cena com uma caracterização tragicômica muito próxima à essência de Fassbinder.

    Dirceu Alves Junior - Veja SP

  • O sucesso da encenação deve-se ao diretor Rafael Gomes, de precisão germânica, e ao veterano Chirolli, a esbanjar filigranas de caracterização que sustentam os 90 minutos de espetáculo.

    Álvaro Machado - Carta Capital

  • Com um elenco talentoso e com presença cênica indiscutível, Rafael Gomes apresenta uma encenação pop e sofisticada para o texto de Fassbinder sobre a tirania e a submissão em simples (ou complicadíssimas?) relações amorosas humanas. (…) Com sua versão de Gotas D’Água sobre Pedras Escaldantes, se impõe como um jovem diretor que apresenta ter domínio da linguagem cênica para imprimir seu olhar estético minucioso à uma boa história. O resultado disso é um ótimo espetáculo, com boas doses de amor e fúria.

    Miguel Arcanjo Prado - Atores & Bastidores – R7